MariaDB – Configurações Adicionais 3

Leave a comment
MariaDB – Configurações Adicionais 3

MariaDB – Configurações Adicionais 3

Esse é o terceiro artigo da série de 3 artigos de Configurações adicionais do MariaDB:

      MariaDB – Configurações adicionais 1

 

      – Definição do arquivo de configuração geral do MariaDB –

 

      MariaDB – Configurações adicionais 2

 

      – Alteração do arquivo de configuração geral do MariaDB –

MariaDB – Configurações adicionais 3
– Habilitar/Desabilitar conexões remotas ao MariaDB –

No artigo anterior, verificamos o processo de alteração/configuração do arquivo de configuração geral do MariaDB. Nesse artigo vamos acompanhar o processo para Habilitar/Desabilitar conexões remotas ao MariaDB.


Para Habilitar conexões remotas ao MariaDB temos que alterar algumas configurações, para que seja possível se logar remotamente no servidor de Banco de Dados.
Vamos editar o arquivo de configuração (/etc/my.cnf), descrito nesse artigo e comentar as seguintes linhas, na secão [mysqld]:
#skip-networking
#bind-address = <endereço IP>

Náo importa a ordem que essas linhas aparecem na seção [mysqld].
Para que as alterações surtam efeito, será necessário reiniciar o MariaDB:
[[email protected]]#service mysql restart
Shutting down MySQL.... SUCCESS!
Starting MySQL... SUCCESS!

Agora que o MariaDB está configurado para permitir conexões remotas, temos que adicionar um usuário que tenha permissão de conectar remotamente, pois os usuários já existentes têm apenas permissão de se conectar localmente (localhost), conforme pode ser confirmado com a execução da query abaixo:
MariaDB [(none)]> SELECT User, Host FROM mysql.user;
+---------------+-------------+
| User | Host |
+---------------+-------------+
| root | 127.0.0.1 |
| root | ::1 |
| wordpress_usr1 | localhost |
| root | localhost |
+---------------+-------------+
5 rows in set (0.00 sec)

Para criar um novo usuário com permissão de conexão remota, utilizamos o comando abaixo:
GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO 'arthur'@'IP-DO-MEU-COMPUTADOR' IDENTIFIED BY 'SENHA' WITH GRANT OPTION;

OBS.: Caso queira remover algum usuário utilizamos o comando DROP USER:
DROP USER 'arthur'@'IP-DO-MEU-COMPUTADOR';

Será necessário também liberar no Firewall, a porta utilizada pelo MariaDB (padrão 3306). Para testar que a porta esteja liberada, utilize o comando telnet do computador remoto, conforme abaixo:
telnet IP-DO-SERVIDOR 3306

Caso a resposta venha com informações do MariaDB, parabéns, você conseguiu liberar a porta corretamente para acesso remoto.

Após essas alterações é possível se conectar ao MariaDB remotamente, utilizando o programa MySQL Workbench e executar queries remotamente, conforme a imagem inicial do artigo.

Para desfazer essas alterações, basta tirar o comentário (#), da linha skip-networking, do arquivo de configuração do MariaDB (/etc/my.cnf), bloquear novamente a porta no Firewall e reiniciar o serviço do MariaDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *